Uma empresa júnior é uma associação civil sem fins lucrativos, formada e gerida por alunos de graduação com auxílio de professores, visando aproximar a academia do mercado.

Como? Por meio da execução de projetos, colocamos em prática tudo que é aprendido na teoria da sala de aula para proporcionar a melhor experiência ao cliente.

A estrutura interna de uma empresa junior (EJ), é tanto tradicional quanto moderna. Assim, há setores de divisão que abrangem:

  • Presidência
  • Vice Presidência
  • Gestão de pessoas
  • Marketing de conteúdo
  • Projetos e qualidade
  • Comercial
  • Administrativo financeiro

Porém, prezamos por uma gestão horizontal na qual todos  têm voz e importância dentro da empresa.

No caso da LEVE, isso faz com que o nosso valor de FAMÍLIA LEVE seja posto em evidência e reconhecido pelos membros e admiradores externos.

Toda essa vivência de trabalho em equipe, faz com que o empresário júnior possa entrar no mercado com mais bagagem sobre como funcionam empresas e startups presentes no mercado afora.

Foto: Acervo Pessoal – Evento de Turismo Militar realizado na Fortaleza de São João.

Além disso, não paramos de aprender!

Mas, você deve estar se perguntanto, os membros de um empresa júnior recebem algo?

A maneira que uma EJ paga seus membros é através de capacitações. Fazemos parte de uma rede colaborativa, na qual diferentes empresas com diferentes dores se ajudam com intuito de evoluir.

Esses momentos abrangem tanto o âmbito estadual quanto nacional, fazendo com que cada um possa levar cada vez mais novidades para sociedade em busca um país mais empreendedor com alto impacto positivo.

E aí, gostou de conhecer um pouco do que nós e mais 46 empresas juniores do Rio de Janeiro fazemos?

Veja aqui 5 motivos para ser um empresário júnior 🙂


0 comentários

Deixe uma resposta