A criatividade não é um dom, e muito menos magia, é uma habilidade do ser humano interligada a nossa capacidade de invenção e inovação. Assim como qualquer outra habilidade, a criatividade pode ser desenvolvida e nós vamos te mostrar como!

Antes de tudo, você sabe a definição da palavra “criatividade”?

Qualidade da pessoa criativa, de quem tem capacidade, inteligência e talento para criar, inventar ou fazer inovações na área em que atua; originalidade.

Essa capacidade de inventar, de criar, de compor a partir da imaginação.

O mundo contemporâneo tende a reprimir a imaginação das pessoas, e é espalhada a crença limitante de que a criatividade é algo inerente. Em uma cultura que engessa estilos de vida pré determinados e rotinas pré estabelecidas, somado ao desincentivo da saída da zona de conforto, o livre pensamento sofre um atrofiamento.

A única coisa que difere pessoas criativas do resto do mundo, é que elas possuem um amplo repertório de referências e experiências, e se utilizam dele, fazendo associações, misturando e trocando detalhes… Tudo que é criado provém de experiências anteriores.

Para se tornar mais criativo é necessário dar estímulos ao cérebro. E ter uma atividade cotidiana com pouca variabilidade é um desestimulante para a mente. Mudar a sua forma de trabalhar e pensar é o que gera inspiração.

E, por isso, separamos 7 dicas para te ajudar a exercitar a criatividade:

1. Tenha um propósito

Somos mais produtivos e inventivos quando temos um propósito e um objetivo definido. Basicamente saber o que te move em seu trabalho, acaba te dando motivação para formular novas ideias e soluções.

Muitas vezes quando nos deparamos de frente para o nosso computador, com um documento em branco e com aquela travada na hora de criar algo, é porque naquele instante você esqueceu o seu objetivo de estar ali. É recomendado meditar e relembrar os seus objetivos.

2. Estude muito

Não existem ideias sem conhecimento, que é a base da criatividade.

Uma das maiores dádivas dos tempos de hoje é a internet. Nela podemos pesquisar sobre qualquer assunto, baixar livros, artigos, imagens, assistir vídeos, ouvir podcasts, e se inscrever em aulas online ministradas por professores em qualquer canto do planeta. E grande parte dessas informações pode ser acessada de forma rápida e gratuita. 

Antes de escrever sobre qualquer tema, pesquise e faça uma apreciação crítica sobre o assunto, dessa forma você inicia o seu processo criativo.

3. Saia da sua zona de conforto

Uma das características das pessoas criativas é a sede por desafios, explorar novas áreas que não possuem domínio.

Sair da zona de conforto ativa novas áreas no cérebro, que é necessário para o exercício criativo.

Todas as áreas estão conectadas de alguma forma, não é necessário estudar alguma coisa do zero, é possível relacionar o seu domínio com uma nova área do conhecimento.

Se você é nutricionista, experimente estudar sobre educação física ou algo relacionado a saúde. É expert em literatura? Já pensou em estudar as vanguardas no campo das artes visuais ou sonoras?

Sair da sua zona de conforto também inclui adotar novos hobbies, ou fazê-los de formas diferentes. Assistir aleatoriamente um programa de TV novo, praticar um novo esporte, experimentar uma receita nova, interagir com alguém que você nunca trocou mensagem nas redes sociais…

Às vezes fazer pequenas coisas pode ativar a criatividade, como trabalhar em Home Office em um local diferente.

4. Fuja da rotina

Quando você faz as mesmíssimas coisas todos os dias, o seu cérebro entra no piloto automático, o que diminui a atividade cerebral e impossibilita a pessoa a ter ideias novas.

Tente incluir atividades novas no seu dia a dia, tente quebrar ou redesenhar a sua rotina. Desse jeito, seu cérebro estará mais ativo e haverá estímulo de novas áreas.     

5. Descanse bastante

Às vezes para as ideias virem, precisamos de um tempo de pausa. O nosso cérebro nunca para de funcionar, mesmo enquanto estamos dormindo.

Você já teve a impressão que quando você se força a ter uma ideia ela nunca vêm, e quando você descansa e relaxa, mesmo você não esperando, é nesse exato momento que ela nasce? Isso ocorre porque o processo criativo também é inconsciente.

Fazer pequenas pausas no meio do trabalho pode fazer um grande diferencial no seu processo produtivo.

6. Coloque as ideias no papel

Escrever os seus pensamentos e ideias no papel te ajuda a organizar o seu projeto. Mesmo que a ideia não aparente ser muito promissora, anote em algum lugar, horas depois ela pode ser aperfeiçoada ou então pode servir de inspiração para uma nova.

Não tenha medo de errar, mesmo que a ideia pareça boba no começo, o erro é o caminho para o desenvolvimento. Se você não errar, como irá aprender?

7. Crie qualquer coisa constantemente

Escreva, desenhe, cozinhe, cante, toque um instrumento. Exercer o ato criador constantemente fomenta a atividade cerebral e desenvolve a imaginação.

Crie qualquer coisa, por mais bobinha que possa parecer, isso lhe fará um grande bem a sua criatividade. 

____________________

A criatividade é um bem muito importante para todo ser humano, seja ele um trabalhador, empreendedor ou um pesquisador/acadêmico.

É do ato criador que nasce projetos, empresas, teses e teorias científicas, livros, sistemas administrativos, vacinas, soluções para problemas antigos e contemporâneos, aquela série e aquele filme que lhe trouxe mensagens profundas além do entretenimento e uma infinidade de invenções humanas.

O cérebro é o órgão mais complexo do corpo humano, centenas de pesquisadores ainda estudam e descobrem as diversas possibilidades que existem em torno dele. E nada mais justo para uma pessoa do que se auto descobrir, se desafiar, experimentar algo novo e se permitir ser curioso.

Se permita ler aquele livro que está a meses na sua estante, escreva um diário, assista um vídeo sobre algum assunto de seu interesse, escove os dentes com uma mão diferente, rabisque uma figura aleatória em uma folha de papel…

A curiosidade e o ato criador fazem parte da natureza humana.

Nós te desafiamos a fazer algo diferente e novo hoje. Vai topar esse desafio?

Categorias: Dicas

0 comentários

Deixe uma resposta