DIA DO TURISMO NACIONAL

DIA DO TURISMO NACIONAL

Desde 2012, 8 de maio é o dia nacional do turismo, através da  Lei 12.625/2012, essa data foi escolhida porque no dia 8 de maio de 1916 o Estado do Paraná solicitou que a região das Cataratas do Iguaçu fosse desapropriada e declarada como utilidade pública para a criação do Parque Nacional do Iguaçu, que em 2019 recebeu mais de 2 milhões de visitantes. 

Hoje, precisamos comemorar o dia do turismo nacional em casa, mas nada impede da gente sonhar e planejar uma viagem pelo Brasil quando tudo isso acabar. Por isso perguntamos a alguns dos nossos membros qual o seu  destino favorito no Brasil. 

Amanda Pontes,  assessora de projetos – Petrópolis, RJ

Se tem um lugar no Rio que eu amo visitar é Petrópolis,a tranquilidade, a natureza e os animais trazem a sensação de paz que tanto gosto. Petrópolis é conhecido por se o refúgio dos casais, mas com certeza também é refúgio para quem vive na correria da cidade e quer tirar um tempinho para relaxar. O clima de Petrópolis é mais um ponto positivo para mim, nada melhor que friozinho de vez em quando”

Gabrielle Bello, diretora de Adm. Financeiro – Búzios, RJ 

“Fui para Búzios ano passado com a turma da faculdade, era uma viagem técnica característica do curso de Turismo. Com o objetivo de pesquisarmos mais a fundo sobre o âmbito turístico do local, fomos à campo descobrir em detalhes sobre o destino famoso por suas praias.  Ao longo dos dias que passei lá, fui explorando o local e pude ver seu grande potencial turístico, não só em relação às paisagens exuberantes, mas também ao repertório cultural que Búzios possui.   Visitei o Espaço Cultural Zanine e vi pinturas e obras de arte bem impressionantes, já que, por coincidência, havia uma exposição no dia. Lá, explicaram toda a história de Búzios, desde que era uma vila de pescadores até os dias de hoje. Também pude conhecer os habitantes locais e ouvir bastante de quem acompanhou toda a mudança ao longo dos tempos.

Fiquei hospedada em um hostel com vista para a Praia da Armação e situado na Rua das Pedras, um dos principais pontos turísticos de Búzios, um local mais movimentado, com variedade de restaurantes e vida noturna agitada. Fiz um tour com um guia de turismo, passando por lugares bem conhecidos e avistando monumentos como as estátuas de Brigitte Bardot, Juscelino Kubistchek e Os Três Pescadores, além das famosas praias incluídas no trajeto. O guia explicou todas as curiosidades e fatos históricos que fizeram parte da formação da cultura de Búzios.

No último dia da viagem, ainda pude curtir uma praia, o que foi muito divertido. A Praia da Azedinha fica ao lado da Praia Azeda e possui uma beleza indescritível. Para ter acesso, precisa descer uma grande escadaria, o que é muito agradável pois se pode notar a rica flora do local, avistando de cima uma bela paisagem. 

Foi um destino muito marcante para mim pois vivenciei muitos momentos emocionantes ficando apenas uns dias lá, conhecendo e me apaixonando cada vez mais. Sempre indico a todos, pois é um lugar com uma energia muito positiva, shows ao vivo, culinária diversificada e muito para conhecer.”

Letícia Melo, assessora de Vice Presidência – Beto Carrero, SC

O que mais me marcou em Santa Catarina foi a quebra de expectativa. Eu fui com minha família e nosso destino principal foi o Beto Carrero World, mas mesmo ouvindo que SC era um ótimo destino turístico não sabíamos muito bem o que esperar do parque e nem conhecíamos outras atrações turísticas do estado. Desembarcamos em Navegantes, e no segundo dia de viagem entendi o porquê de sua boa fama. Além de lindo, o parque é imenso e atende à pessoas de todas as idades: peças, shows, zoológico e atrações temáticas que não acabavam nunca, desde personagens que interagem com o público até uma montanha russa invertida… Dois dias inteiros não foram suficientes para ver tudo que o espaço oferece. No quarto dia da viagem decidimos visitar Itajaí, mais especificamente o Mirante Morro da Cruz, que além de ser gratuito oferece uma vista panorâmica inesquecível da cidade e é um ótimo ponto para tirar fotos. No quinto dia fomos à cidade de Balneário Camboriú, um lugar de fato único. Dentre todas as atrações de lá nós visitamos o teleférico, barco pirata e a praia de Laranjeiras. Além disso, os enormes e bonitos edifícios chamam muita atenção por toda a cidade, e mesmo sendo uma cidade turística nós conseguimos comer e fazer compras à preços bem acessíveis. Essa viagem foi uma experiência realmente mágica pra mim, e que me deixou um gostinho de quero mais. Fui embora prometendo a mim mesma que voltaria para visitar tudo o que não consegui, e espero que eu possa cumprir essa promessa o mais rápido possível.” 

Mariana Cordeiro, assessora de Administrativo Financeiro – Foz do Iguaçu, PR 

“Eu escolhi falar de Foz do Iguaçu, no Paraná. A cidade em si é bem pequena, mas muito organizada e acolhedora. Achei os preços caros, como muitas cidades turísticas. As Cataratas do Iguaçu, principal ponto turístico, são incríveis. Tudo dentro do parque é ecológico,até os carros que levam para os passeios. A sensação de estar lá é indescritível, você consegue sentir a água mesmo da passarela, mas se for mais aventureiro, como eu fui, pode fazer um passeio chamado Macuco Safari,  onde você vai de bote que vai até bem perto das cataratas, é uma experiência turística muito boa ter aquela água em cima de você. Outro passeio que adorei na cidade  foi a Usina Hidrelétrica Itaipu Binacional, o passeio acontece através de um ônibus que passa explicando cada detalhe e com algumas paradas, achei muito interessante por ser binacional, lá também é possível fazer alguns passeios específicos.” 

Mariana Guimarães, diretora de Marketing –  Capitólio – MG 

“Foi difícil escolher um destino nacional favorito, o Brasil tem belezas incríveis, mas decidi contar um pouco sobre a minha  experiência em Capitólio, em Minas Gerais, foi a primeira viagem que fiz sozinha, e foi incrível. Fiz amizades com muitas pessoas e aproveitei demais o lugar. Capitólio é uma cidade bem pequena, e a maior atração é o  lago de Furnas, conhecido como “mar de minas”, que possui uma beleza natural exuberante e pode ser explorada através de um passeio de barco ou no famoso Mirante dos Cannyos, visto de cima. Além disso o destino possui lindas cachoeiras e trilhas, com diferentes níveis de dificuldade e estrutura, agradando á todos, e tornando o destino ideal para família, amigos ou até mesmo sozinho. Além da natureza exuberante em Capitólio você pode conhecer a Hidrelétrica de Furnas e o centrinho, onde consegue comprar alguns souvenires.”

Gostou de descobrir um pouco sobre alguns destinos brasileiros? 

Vamos ficar em casa para em breve voltar explorar nosso país.

Feliz dia do Turismo Nacional! 

COVID-19 E O TURISMO

COVID-19 E O TURISMO

Desde o início da pandemia do COVID-19, a indústria do turismo foi uma das primeiras a ser afetada, com o cancelamento de milhares de vôos, viagens, grandes eventos, entre outros. 

Antes de tudo, vamos entender o que é o Coronavírus:

Se trata de um vírus que causa infecções respiratórias além de ser transmissível. Seus sintomas se assemelham com a de uma gripe comum porém com a adição de maiores dificuldades para respirar. Portanto, suas formas de prevenção são basicamente iguais, confira:

https://coronavirus.saude.gov.br/images/png/2020/marco/02/img4-janela.png

Em virtude do crescimento do vírus ao redor do mundo, foi decretado o estado de quarentena aos países infectados, ou seja, o isolamento da população em suas casas a fim de diminuir a curva de crescimento da pandemia.

Visto isso, o turismo entra num estado de fragilidade por ser um setor que faz parte não apenas de destinos de férias mas também eventos populares e feiras de negócios, eventos os quais existe grande aglomerações de pessoas. No atual momento, foram cancelados milhares de voos ao redor do mundo; diversos locais turísticos, como a Disney, foram fechados para o público; meios de hospedagem, como hotéis e resorts, suspenderam suas atividades por tempo indeterminado.

Logo, nessa situação de crise, muitos negócios e cidades turísticas terão grande queda econômica daqui a alguns meses, o que pode levar ao fechamento dos mesmos além de aumentar o desemprego ao redor do mundo. Vale ressaltar que o turismo é uma das maiores fontes de receita do mundo, e já respondeu por 10,4% da economia de todo o planeta (Confira).

Notícias recentes no Brasil

No Brasil, o Governo Federal publicou recentemente uma cartilha com informações para o setor de viagens em relação ao coronavírus. Nela o Ministério do Turismo afirma facilitar o acesso para micro, pequenos e grandes empresários, dentre essas facilidades têm-se diminuição de juros ao ano, maior prazo para pagamentos de empréstimos e adiamento do pagamento de empréstimos para contratos vigentes.

Dentre outras medidas contidas da cartilha, informaram que o consumidor que adquiriu passagens por meio de agências de turismo e companhias aéreas que fazem negócios no Brasil – presencial ou virtual, em moeda nacional e em português – poderá realizar o reagendamento sem custo adicional. O mesmo vale para hotéis.

Recentemente, no Rio de Janeiro, o Governador do Estado, Wilson Witzel, sancionou novos projetos que permitirão a utilização de leitos de hotéis, pousadas e motéis para pacientes em quarentena. A lei ainda não foi decretada, porém já estão em contato com a rede hoteleira. Confira

Em suma, mesmo com toda a crise, acredita-se que os resultados irão melhorar, assim como a taxa de infectados diminuirá, para em breve as portas do mundo serem abertas novamente.

É importante também destacar também a nova campanha do Ministério do Turismo:

Ajude a economia e saúde do seu país, remarque sua viagem e/ou evento dos sonhos e cumpra com as medidas preventivas do coronavírus!

Gostou do conteúdo? Compartilhe em suas redes sociais, fiquem em casa e lavem as mãos!

5 MOTIVOS PARA SER UM EMPRESÁRIO JR

5 MOTIVOS PARA SER UM EMPRESÁRIO JR

Antes de tudo, confira O que é uma empresa júnior. Sabendo disso, já podemos imaginar algumas vantagens, mas vamos te dar 5 motivos para você fazer parte desse movimento gigante, e se tornar um empresário júnior no Brasil.

#1: Experiência empresarial:

Quando estamos na faculdade, conseguir um estágio ou trabalho é um grande desafio, ainda mais quando não obtemos nenhuma experiência na área, logo, entrar numa EJ é uma grande oportunidade e diferencial para o seu futuro, pois dentro dela você irá vivenciar diferentes situações e áreas de uma empresa, e aplicará seus conhecimentos, enquanto dentro da universidade, tornando-se um profissional experiente para ingressar no mercado de trabalho.

#2: Networking

O networking é ter uma boa rede de contatos, não focada apenas em quantidade mas sim em relações de qualidade. Entrar para o Movimento Empresa Júnior(MEJ) vai te proporcionar isso e muito mais, nele fazemos muitas conexões com outras empresas, trocamos experiência, compartilhamos ideias e informações.

#3: Autoconhecimento

Quando nos conhecemos, pessoal e profissional, fica mais fácil trilhar nosso caminho de sucesso. Contudo, para isso é necessário experiência em sua vida, para conhecer a si mesmo.

Numa EJ você tem essa vivência, poderá atuar em diferentes áreas da empresa, situações diversas que irão te fazer descobrir suas paixões. E assim ficar preparado para o mercado de trabalho, com um objetivo claro!

#4: Mente empreendedora

Ser empreendedor vai muito além de apenas ter um negócio de sucesso. Empreender é inovar, estudar, ser estratégico e por isso tudo em açao.

E é isso que nós, empresários juniores ainda na graduação, fazemos! Não é fácil gerir uma empresa Júnior, precisamos sempre aprender, planejar e inovar para mantermos um bom serviço e sermos reconhecidos no mercado de trabalho. Empreender é isso, a sede por desafios e por isso esse é um de nossos valores.

#5: Espírito de liderança

Um bom líder vai além de executar e delegar tarefas a seus funcionários. A liderança tem o poder de influenciar e incentivar pessoas, e assim melhorar o ambiente de trabalho, o tornando leve e objetivo.

Numa empresa júnior você tem a oportunidade de conhecer seu lado líder, visto que conviverá com pessoas diferentes mas com um só propósito, ver a empresa crescer cada vez mais. Com isso desenvolverá a motivação, delegação de tarefas, gestão de tempo a fim de fazer toda a equipe atingir suas metas da melhor forma.

E ai, gostou do conteúdo? Vem fazer parte desse movimento com a gente, a LEVE e outras centenas de empresas juniores esperam por vocês! Compartilhe esse post e expanda os horizontes para novos empreendedores 🙂

APRESENTANDO NOSSOS PROJETOS: Workshop de Comunicação Social | UFF

Como as comunicações em rede podem ser melhor utilizadas por movimentos sociais, sociedade civil e outros grupos marginalizados? 

 

 Como as ONGs feministas e os grupos de mulheres atualmente fazem uso de ferramentas de comunicação e tecnologias para moldar políticas e buscar mudanças sociais em nível global e local?

 

Essas foram algumas indagações abordadas durante as palestras do dia 28 de março de 2019 que teve como participantes não só os alunos do IACS – Instituto de Arte e Comunicação Social mas também de diversos cursos da UFF.

Os estudantes tiveram a oportunidade de participar de um evento que agrega a formação universitária e a construção de um profissional consciente. O workshop teve como tema principal “Mídia, novas tecnologias e desenvolvimento na América Latina: perspectivas políticas, sociais e econômicas.” 

O evento contou com a presença de palestrantes ilustres como: Profª Carolina Matos (City, University of London), Profª Eula Cabral (Casa de Rui Barbosa) e Gizele Martins (ativista midiática). Além de ser patrocinado pela universidade de alta qualidade e grande reconhecimento internacional City, University of London. De maneira muito atual, as palestras combinaram propostas de pesquisa que visam abordar o papel da mídia e da comunicação para as mudanças sociais e econômicas dos países e dos contextos locais, inserindo-as em debates mais amplos sobre a democratização.

Para que o evento saísse perfeito, nós da equipe LEVE nos preocupamos com todos os detalhes. Desde a escolha do local e logística até a supervisão do coffee break  no qual palestrantes e convidados puderam trocar ideias em um verdadeiro networking. 

 

“Agradecemos pela atuação de vocês” 

Adilson Cabral, professor IACS – UFF

 

Com o resultado final, ficamos muito felizes em proporcionar mais uma experiência positiva ao nosso cliente e agradecemos a oportunidade de organizar esse evento, capacitando ainda mais nossos membros! 

 

Apresentando nossos projetos: Colação do curso Física da Universidade Federal Fluminense

Depois de anos de muita dedicação e estudo para conquistar o tão esperado diploma, finalmente chega o momento. A colação de grau é uma etapa obrigatória da formação, além de ser um dos passos mais marcantes do período acadêmico, por isso, experienciá-la da melhor forma possível é o que todo concluinte e seus familiares desejam. Para isso, a LEVE seleciona membros para realizarem todos os serviços solicitados pela turma com o objetivo de fazer desse momento o mais incrível. 

 

Nós da equipe LEVE estamos sempre falando sobre passos para obter o evento perfeito e de como os nossos serviços podem agregar ao máximo para a sua experiência, porém no post de hoje iremos mostrar um dos muitos projetos incríveis que pudemos desenvolver durante essa jornada, a colação de grau do curso de Física da Universidade Federal Fluminense. 

O pré evento contou com três membros da LEVE para auxiliar e coordenar o ensaio fotográfico externo dos alunos, que aconteceu no Museu de Arte Contemporânea (MAC), em Niterói. O momento foi completamente emocionante e descontraído, no qual os familiares puderam fazer parte e registrar o momento para guardá-lo para toda vida. 

 

Além disso, ainda sobre o pré evento, foi elaborado o cerimonial. Foi feita a escolha da roupas da solenidade, as famosas becas, a checagem de equipamentos e logística de entrada e saída, e claro, o auxílio para os discursos e homenagens aos professores. Os alunos ao serem perguntados em um questionário sobre o que mais os marcou na faculdade, a maior parte dos alunos se referiu a experiência de poder conhecer novas pessoas e aprender sobre algo que amam. 

Tudo pronto para o grande momento! A solenidade, que aconteceu no dia 18 de Maio no Auditório do Instituto de Física da Universidade Federal Fluminense, recebeu os concluintes, seus professores e convidados e foi marcada pelos risos e lágrimas emocionados ao finalmente concluírem uma grande etapa de suas vidas. 

Nós da LEVE, que temos sempre o prazer em tornar a experiência de seus eventos inesquecíveis, ficamos muito satisfeitos com o resultado da colação de grau e gostaríamos de parabenizar publicamente todos o membros participantes e a gerente do projeto Isabela Ferreira, diretora de Marketing, que deu o seu máximo para que tudo ocorresse da melhor maneira.

E aí, está esperando o que para ter uma colação incrível como essa e vê-la no Blog da LEVE?

 

 

Como um evento pode melhorar o desenvolvimento de seus funcionários?

Já parou para pensar que a forma como uma empresa acolhe seus funcionários afeta completamente em seu desempenho?

A era em que a produção em massa era mais importante que o bom convívio e a saúde mental ficou bem lá para trás. Atualmente, os trabalhadores têm se qualificado mais ainda e das melhores formas e, por isso, preferem estar presentes em ambientes nos quais se sintam confortáveis e bem recebidos. Justamente por esse motivo, as empresas têm se adaptado à nova geração e implantado atitudes de líderes que podem aumentar e diversificar a produtividade da equipe.

E uma dessas atitudes tem sido nada menos que eventos corporativos nos quais os líderes juntamente dos funcionários podem estabelecer novas metas conjuntas para a empresa num ambiente mais descontraído gerando maior aproximação. Tais eventos, além de melhorarem a estima do funcionário, possibilitam os líderes a oportunidade de saber quem é sua equipe de verdade e como ela pode melhorar.

E as vantagens não param por aí, esses eventos podem ser simplesmente voltados para uma reunião ou até mesmo com temas mais específicos que poderão ser traduzidos em uma capacitação que sensibilize as dores da empresa e do time. Alguns dos eventos que podem desenvolver uma capacitação são:

  1. Congresso: evento mais profissional que geralmente envolve a presença de personalidades influentes com palestras e troca de conhecimento;
  2. Workshop: é um tipo de treinamento voltado para questões específicas. Esse tipo de treinamento visa se aprofundar dentro de um determinado tema pré determinado pelos organizadores

E aí, agora que percebeu o quanto um evento pode melhorar sua empresa é claro que você não vai deixar de organizar um, não é mesmo?

E a LEVE com certeza pode organizar seu evento da melhor forma possível, porque para nós A SUA EXPERIÊNCIA IMPORTA!

 

A IMPORTÂNCIA DE ORGANIZAR BEM UM EVENTO

A IMPORTÂNCIA DE ORGANIZAR BEM UM EVENTO

Todos nós já estivemos presentes em um evento o qual nunca conseguimos esquecer, seja pela qualidade das informações passadas, pela boa recepção, pela decoração ou até mesmo pela comida servida. E, talvez a programação desse mesmo evento não tenha sido seguida ou algo tenha dado errado e você nem notou, porque a experiência vivenciada naquele momento foi a melhor possível. Isso porque para que um evento seja considerado de sucesso não é necessário que cada mínimo detalhe dê certo, mas sim que, mesmo com pequenos erros, o público destinado seja atingido da forma esperada, ou até mesmo surpreendido com tamanha maestria, e para que isso aconteça é necessário escolher bem àqueles que farão parte da organização.

A organização do evento consiste em diversos pontos que são desenvolvidos antes, durante e depois de sua realização, e cada um desses pontos deve ser previamente analisado para que não ocorra nenhum transtorno.

Foto: Acervo Pessoal – Cerimônia de posse LEVE 2019.1

A questão principal é: seguir cada um dos passos necessários para um boa organização é algo crucial para que um evento seja bem visto, e devem ser pensados e planejados criteriosamente para que um eventos obtenha sucesso. Entretanto, devemos estar sempre atentos aos imprevistos tendo sempre reservadas soluções para possíveis problemas.

A importância de organizar bem um evento está não só na impressão que será passada para os participantes, mas também na satisfação ao ver o entusiasmo do público diante da experiência vivida.

 

Porque a sua experiência importa!

5 MOTIVOS PARA FAZER UM EVENTO PROMOCIONAL

5 MOTIVOS PARA FAZER UM EVENTO PROMOCIONAL

Já pensou em fazer um evento promocional? Esse é um excelente jeito de alcançar um número maior de clientes e aumentar seu ticket médio em pouco tempo. Mas o que seria exatamente? O evento promocional vai apresentar para determinado público-alvo a sua marca, um produto que deseja consolidar ou até  um novo. Podendo ocorrer em forma de palestra, stands interativos, experiências sensoriais ou até mesmo uma festa de lançamento. Nos últimos tempos, esse tipo de divulgação vem se mostrando bastante eficaz!

Motivos é o que não faltam para fazer um evento promocional.  Selecionamos 5 que você não pode deixar de levar em consideração!!

 

1- EXPANDIR A MARCA

Sabe aquela região que você ainda não conseguiu alcançar? Experimente fazer um evento nela. Assim sua marca começa a ser conhecida por novos leads. E já que a primeira impressão é o que fica, você terá sua chance de vender a empresa de maneira personalizada e se tornar referência para seus futuros clientes.

2- SE APROXIMAR DO CLIENTE

Essa é uma ótima oportunidade para  já ficar perto do público que tem interesse pela sua marca. É nesse momento que sua empresa começa a se consolidar em um espaço não tão conhecido, por isso a forma como você se mostra é muito importante. Quem não gosta de uma empresa que conversa de igual para igual com seus clientes?!

3- BLOQUEAR CONCORRENTES  

Foto: Acervo Pessoal – Evento promocional West1

Com um bom evento promocional, conseguir uma boa relação com os clientes em um espaço, traz um diferencial essencial para inibir a entrada de novos concorrentes. Cada vez mais o cliente lembrará da sua marca e terá mais confiança no seu trabalho do que outros que eles não tiveram nenhum tipo de proximidade.

 

4- DIVULGAR UM NOVO SERVIÇO OU PRODUTO

Colocar um novo produto/serviço no mercado nem sempre é fácil. Por isso, promovê-lo é uma ótima maneira de conseguir um bom alcance em um único dia. Além de proporcionar ao público a oportunidade de experimentar e aprovar tal produto/serviço, antes de comprar. Isso pode ocorrer através de brindes, sorteios ou demonstração prática, por exemplo.

5- AUMENTAR AS VENDAS 

Esse sem dúvidas é um dos motivos mais relevantes que levam grandes marcas a fazerem eventos promocionais. Aumentar diretamente o nível de conversão da sua empresa, alcançando novos patamares de vendas. E o melhor, é um investimento que facilmente terá um retorno rápido e positivo.

E aí, gostou? Tá esperando o que para fazer um evento promocional?

O QUE É UMA EMPRESA JÚNIOR?

O QUE É UMA EMPRESA JÚNIOR?

Uma empresa júnior é um polo científico sem fins lucrativos formado exclusivamente por alunos de graduação com auxílio dos professores do departamento, visando aproximar a academia do mercado. Através da execução de projetos, colocamos em prática tudo que é aprendido na teoria da sala de aula para proporcionar a melhor experiência ao cliente.

A estrutura interna das EJs (empresas juniores), é tanto tradicional quanto moderna. Há setores de divisão que abrangem presidência, vice presidência, gestão de pessoas, marketing de conteúdo, projetos e qualidade, comercial e administrativo financeiro. Porém, prezamos por uma gestão horizontal na qual todos  têm voz e importância dentro da empresa. No nosso caso específico, isso faz com que o nosso valor de FAMÍLIA LEVE seja posto em evidência e reconhecido pelos membros e admiradores externos. Toda essa vivência de trabalho em equipe, faz com que o empresário júnior possa entrar no mercado com mais bagagem sobre como funcionam empresas e startups presentes no mercado afora.

 

Foto: Acervo Pessoal – Evento de Turismo Militar realizado na Fortaleza de São João.

 

Além disso, não paramos de aprender. A maneira que uma empresa júnior paga seus membros é através de capacitações. Fazemos parte de uma rede colaborativa, na qual diferentes empresas com diferentes dores se ajudam entre si com intuito de evoluir. Esses momentos abrangem tanto o âmbito estadual quanto nacional, fazendo com que cada um possa levar cada vez mais novidades para sociedade em busca um país mais empreendedor com alto impacto positivo.

E aí, gostou de conhecer um pouquinho do que nós e mais 46 empresas juniores do Rio de Janeiro fazem?